Monitoramento do Greening em lavouras de citrus no Espírito Santo utilizando PCR em tempo real

Resumo: Atualmente o monitoramento do psilídeo (Dhiaphorina citri), vetor do Greening, doença que causa grandes perdas em citros, é realizado conforme protocolo determinado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que consiste na observação visual dos sintomas na planta. Em casos suspeitos, é realizada a análise molecular de partes da planta para a confirmação da presença da bactéria causadora da doença. Pesquisas desenvolvidas pelo INCAPER relataram a presença do psilídeo em plantas do gênero murta (Murraya paniculata) no ES. Contudo, a infectividade do psilídeo ainda é desconhecida. Objetivando manter o status de área livre de Greening para o Estado do Espírito Santo, o presente projeto tem como objetivo padronizar e analisar amostras de citrus no ES para permitir o monitoramento do Greening. A metodologia consiste na análise do inseto vetor da doença, a partir da análise da flutuação populacional e da infectividade, diferenciando-se da metodologia proposta pelo MAPA, que se baseia na planta já infectada. Dessa forma, será promovida uma integração entre entidades (IDAF,UFES e INCAPER) e entre a cadeia produtiva dos citros no ES, especialmente produtores rurais e viveiristas, que participarão diretamente do desenvolvimento do projeto, sendo capacitados para identificar o inseto vetor e os sintomas do greening na planta, além de atuarem diretamente na coleta de amostras.

Data de início: 2020-08-01
Prazo (meses): 48

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Greiciane Gaburro Paneto
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105